Sabado às 15 de Junho de 2024 às 07:43:52
Opinião

Utilize o seu poder de escolha para o bem de todos

Um situação complexa se instalou mais uma vez na Educação parananese.

Utilize o seu poder de escolha para o bem de todos

Um situação complexa se instalou mais uma vez na Educação parananese. Mais um projeto, cujo governo alega trazer melhoria para as instituições e maior oportunidade de planejamento pedagógico, em contrapartida, o receio do processo de privatização das escolas públicas do Paraná. Mas quem está certo, em quem acreditar? No governo, que busca trazer projetos que visam, mais do que consertar situações complexas, impulsionar uma educação melhor, ou nos sindicatos, que estão preocupados com a garantia de direitos dos profissionais de Educação e dos estudantes?

Não há como nós, quando imprensa, arbitrarmos ou abraçarmos um lado desta história, mas sim apresentar meios para que cada cidadão esteja consciente ao decidir apoiar ou não um projeto apresentado. Ao adotarmos essa postura, estamos promovendo também duas grandes virtudes da lei existente em nosso País, que é o acesso à informação e também à democracia. Teremos um longo período de discussão destes projetos, onde cada pai ou responsável por um estudante poderá decidir, diante da sua própria visão de mundo, seus critérios e objetivos, qual a melhor escolha para aquela instituição.

Para tanto, é crucial também que exista um conhecimento prévio da realidade escolar, elencando as principais necessidades daquela instituição. Em Campo Largo serão quatro colégios estaduais - Colégio Estadual Desembargador Clotário Portugal, Colégio Estadual Augusto Vanin, Colégio Estadual Professora Edithe e Colégio Estadual Otalípio Pereira de Andrade – que receberão a consulta pública, cujo cronograma ainda está sendo elaborado pela Secretaria de Estado de Educação (Seed), então, desde já é importante buscar o maior número de informações possível, discutir isso com estudantes que já tenham bagagem para entender e quem sabe eles mesmos podem auxiliar na tomada de decisão.

Deste modo, é importante ter contato com opiniões diversas, desde a mais extrema - tanto favorável (o próprio Governo), como contrária (App Sindicato), passando por especialistas em Educação, participar de fóruns de discussão, vendo resultados de projetos-piloto desenvolvidos, entre outros meios. A formação da opinião sobre determinado assunto deve ir além do "ouvir falar", mas tomar para si o direito que lhe foi concedido em poder opinar diante do processo. Para essas pessoas, o exercício da busca pela informação correta e formação de opinião será ainda mais intensa, visto que em alguns meses também teremos a eleição.

O fato é que a vida é feita de escolhas, algumas mais importantes que as outras e que impactarão os estudos, o trabalho, as ações de outras pessoas que estão à nossa volta ou que convivem em uma mesma realidade. Por isso, a visão egoísta, onde há imposição de um único pensamento, ou que coloca a opinião do outro acima de suas próprias conclusões é são as formas mais perigosas de conviver em sociedade.