Sexta-feira às 19 de Abril de 2024 às 12:58:15
EM CAMPO LARGO  | 21º
Política

Região do Itaqui tem quatro representantes na Câmara Municipal

Região do Itaqui tem quatro  representantes na Câmara Municipal

De importância bastante expressiva para Campo Largo, a região do Itaqui é tão influente na cidade que neste mandato está com quatro moradores que foram eleitos vereadores na Câmara Municipal. Essa é a primeira região do nosso projeto que irá comemorar os 35 anos da Folha de Campo Largo, com especial divulgado nesta edição.

Antigo na região, Pedro Barausse, que até o ano passado era também presidente da Câmara Municipal, conta que sua família vive ali. Detalha que seus dois avós vieram da Itália para morar na Rondinha e quando seu pai era criança foram para o Itaqui, onde também tem comércio. “Nasci e me criei naquela região. Gosto muito de morar num bairro como este e agora como vereador consegui ajudar e retribuir esta região”, destaca. Segundo ele, o Itaqui hoje representa muito na cidade pelas indústrias focadas na louça.

A vereadora Cléa Oliveira destaca que seus pais vieram do Norte do Paraná para tentar uma vida melhor aqui na cidade, residindo no Itaqui e tendo a primeira oportunidade de trabalho na Porcelana Schmidt. “Por isso, o Itaqui e toda a sua região significam muito para mim, pois foi lá que nasci e cresci. Estudei no Hans Schmidt e tenho muito orgulho de ter minhas raízes nessa região que é tão valorosa para nossa cidade. O Itaqui é um dos maiores bairros da nossa cidade, com uma população que trabalha e batalha diariamente, assim como um dos pioneiros da nossa reconhecida porcelana. Este é com certeza um bairro que contribui muito social e economicamente com o desenvolvimento de nossa cidade, e que merece a nossa atenção”, declara.

André Gabardo, que tem uma grande família no bairro Itaqui, enfatiza que este é um dos bairros mais antigos e populosos e foi tendo desenvolvimento em seu entorno. Hoje há bairros que dependem do Itaqui, porque é como um centro comercial. “Começou com porcelana e hoje é praticamente independente por tudo que tem, uma referência na região”, frisa. Apesar do grande crescimento, ele comenta que muitas pessoas que vieram e contribuíram para o bairro têm famílias tradicionais de mais de duas gerações. “Então o bairro todo se enxerga como uma grande família e se apoiam. É também um bairro politicamente muito representativo, com quatro vereadores da região, já teve prefeito que foi daqui e contribui para a cidade como um todo em política e economia”, conclui.

O vereador Germaninho mora há 30 anos no Campo do Meio e foi eleito principalmente pelo trabalho social que realiza nas regiões do Jardim Itaqui, Vila Glória, Novo Horizonte e Campo do Meio. Já trabalhou como pedreiro, frentista e também por 16 anos na Procópio como líder de máquinas. A Folha não conseguiu contato com o vereador nesta quinta-feira, mas destaca a atuação dele na cidade e em especial nesta região.