Quinta-feira às 18 de Agosto de 2022 às 10:03:26
EM CAMPO LARGO  | 11º
Opinião

Alça de Mira

Pedágio
O Secretário de Infraestrutura e Logística do Estado, divulgou esta semana que até fevereiro de 2023 o Paraná já terá os primeiros trechos de rodovias concedidos

Alça de Mira

Pedágio
O Secretário de Infraestrutura e Logística do Estado, Fernando Furiatti, divulgou em evento nesta semana que até fevereiro de 2023 o Paraná já terá os primeiros trechos de rodovias concedidos à iniciativa privada. No total são seis lotes a serem licitados, mas esse prazo é para os dois primeiros, com contrato assinado e operando. Sem mais detalhes, estes trechos devem incluir a região de Ponta Grossa e São Luiz do Purunã.

Alternativa
Fernando Furiatti também falou sobre uma alternativa logística para o Estado, que hoje é uma estrada não pavimentada, mas que iria reduzir os custos logísticos por encurtar regiões em 60Km, do Norte Pioneiro a Curitiba ou aos portos. Trata-se da PR-090, que liga Piraí do Sul a Bateias, aqui em Campo Largo, um trecho de cerca de 110 quilômetros. Seria uma obra cara, mas um sonho dos gestores.

Ruas
Falando em ruas, população ainda não aceitou muito bem as mudanças que estão sendo feitas no anel central. O Plano de Mobilidade Urbana, planejado para melhorar o fluxo de veículos e dar mais segurança aos pedestres, tem gerado muita polêmica. Isso principalmente em relação a estreitar as ruas para alargar as calçadas. A confusão também se dá pelas esquinas com calçadas maiores e que dificultam a conversão. É constante a reclamação nas redes sociais da Folha a respeito desta situação.

Inovação
Destaque para a inovação da empresa Campo Largo, que lançou vinhos em lata. Praticidade e a qualidade que o Brasil todo já conhece com conceito mais moderno, em embalagem 100% reciclável. Aliado ao preço atrativo, será mais um sucesso da empresa campo-larguense.

Inclusão
Um marco histórico pelo Direito das Pessoas com Deficiência no Paraná: assim é considerado por representantes de entidades do estado o Projeto de Lei 321/2022, apresentado nesta terça-feira (12) na Assembleia Legislativa do Paraná e que segue para análise das Comissões. A proposta cria o Fundo Estadual de Apoio à Pessoa com Deficiência, Transtorno do Espectro Autista e Síndrome de Down no Paraná para prover recursos com o objetivo de financiar projetos, realizar estudos, promover ações de acessibilidade, desenvolver programas setoriais, de inclusão social, de prevenção, além de outras medidas.

Pra pensar na cama
“Qual a sua responsabilidade na desordem da qual você se queixa?” - Sigmund Freud.