Quinta-feira às 25 de Julho de 2024 às 03:34:52
Geral

Campo Largo lança projeto-piloto de integração para monitoramentos de escolas e UBSs

Campo Largo lança projeto-piloto de integração para monitoramentos de escolas e UBSs

Para mais segurança nos prédios públicos, com início de implantação em escolas municipais e Unidades Básicas de Saúde, começa a funcionar na manhã desta quinta-feira (04), em Campo Largo, um projeto-piloto de integração entre o Ciosp - Centro Integrado de Segurança Pública e as centrais de alarmes e videomonitoramento dos prédios públicos.

A proposta da Secretaria Municipal de Comunicação Social e Tecnologia de Informação foi apresentada de forma prática para representantes das secretarias de Administração, Educação e Saúde na sede do Ciosp no último dia 26 de julho e na sequência foi apresentado à Guarda Municipal, da Secretaria de Ordem Pública. Visualizando diversas possibilidades em benefício da cidade e com atuação maior do serviço de inteligência já realizado no Ciosp, além da economia em contratos de monitoramento e vigilância.

O objetivo é trazer mais segurança e um controle mais inteligente, centralizando informações de segurança destes prédios públicos e possibilitando uma ação mais rápida das forças de segurança, que podem ser acionadas direto do Ciosp no momento em que um alarme dispara. Com o videomonitoramento, ao disparar o alarme será verificado de dentro do Centro de Integração as imagens daquele prédio público para monitorar a ocorrência e em tempo real saber o que está acontecendo.

O projeto-piloto foi implantado na Escola O Ateneu para consolidação deste programa que visa segurança do patrimônio público, dos alunos e todos os cidadãos que frequentam as Unidades Básicas de Saúde e demais prédios públicos. Trata-se de um grande avanço de integração entre cinco secretarias, fazendo com que a gestão se torne cada dia mais eficiente.

Atualmente a solução encontra-se instalada na Central de Distribuição da Secretaria Municipal de Educação, Escola Municipal o Ateneu e em um bloco do Centro Administrativo Municipal. Ao disparar o alarme do local, um alerta sonoro e visual é gerado no software de monitoramento do Ciosp, mostrando na tela as imagens das câmeras do endereço em que o alarme foi disparado. Também é possível que o Ciosp tenha acesso em tempo real às centrais de alarme, se estão ligadas ou desligadas, bem como as imagens da localidade selecionada.

Em breve, uma UBS também receberá o projeto-piloto, e no segundo semestre, após análise dos dados das atuais localidades, será estudado a viabilidade de instalação em todas as escolas, CMEIs e unidades básicas de saúde.