VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Domingo | 25 de Outubro de 2020 18:34
Domingo | 25 de Outubro de 2020 18:34
VERSÃO IMPRESSA
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Capacitar nossos representantes, por que não?

Assim como já acontece em outros locais do País, foi apresentado um importante projeto no Plenário da Câmara Municipal, a implantação da Escola do Legislativo

Por: Redação

Assim como já acontece em outros locais do País, foi apresentado um importante projeto no Plenário da Câmara Municipal, a implantação da Escola do Legislativo. Ainda está sendo discutido, mas é um importante passo a ser dado em benefício dos campo-larguenses, que poderão terão representantes melhor preparados.

Para ocupar qualquer cargo em uma empresa é preciso qualificação, avalia-se o currículo, os cursos que fez, a experiência, a atuação na área, perfil, entre outros tantos pontos. Para ser político não. Por quê? Já tivemos na cidade até mesmo uma vereadora que era catadora de latinhas, sem tirar o mérito da atuação dela, mas para representar a população, fiscalizar o Poder Executivo, elaborar Leis e projetos é preciso no mínimo um conhecimento específico. Devido a isso, muitas vezes deixamos de ser bem representados.

Muito se discute sobre a qualificação de pessoas que ocupam cargos públicos. Infelizmente não só eleitos, mas pessoas que ocupam cargos em comissão muitas vezes estão lá só como uma recompensa da ajuda na campanha eleitoral, mas não porque a pessoa está apta a ocupar o cargo. Lamentável! Muito se perde com isso. Perdem muito tempo tentando entender o sistema, sem serem realmente efetivos em suas ações.

Os vereadores muitas vezes são eleitos por parecerem boas pessoas, terem boas intenções, muitas vezes por serem conhecidos, de família influente, mas é só isso que precisa para pensar no melhor para a cidade? Isso não é exclusivo de Campo Largo, está enraizado já em nossa história política, em todos os níveis. Mas sempre é tempo de mudar e estamos vivendo um momento importante para isso. Até vemos políticos que estão agindo de forma bem racional, mesmo que isso possa prejudicá-los com o povo nas próximas eleições, mas com a finalidade de realmente se conseguir progredir.

Nessa proposta da escola em Campo Largo, os parlamentares e servidores da Câmara receberão suporte conceitual e treinamento para a elaboração de leis e para o exercício das atividades nas áreas administrativa e legislativa. Vão oferecer conhecimentos básicos para o exercício das funções de acordo com carreira, lotação e atribuição. Além disso, a ideia é desenvolver programas de ensino, integrando a Câmara com a sociedade civil organizada, como também estimular a pesquisa técnico-acadêmica. Com isso, no início de cada Legislatura, os vereadores e servidores em comissão recebem manuais ou cursos de ambientação e qualificação. A população só tem a ganhar.

O setor público precisa estar composto por pessoas qualificadas, voltadas ao fortalecimento da democracia, com garantia dos direitos e deveres de cada um. É preciso formar agentes públicos capacitados, com qualificação técnica e visão crítica da realidade, pensando no desenvolvimento social e econômico. Melhorias são sempre bem-vindas!

5433 visitas






Sua Opinião