Sexta-feira | 16 de Abril de 2021 23:55
EM CAMPO LARGO 16º | 20º  
Policial

Família de jovem em coma há três meses após atropelamento na RMC pede justiça:

O jovem conduzia uma motocicleta, quando foi atropelado por um veículo Golf. O motorista do carro teria fugido do local sem prestar socorro.
Fotos: ARQUIVO PESSOAL
 
A família de Gabriel Werneck Lau, de 19 anos, pede justiça após 90 dias do acidente que deixou o parente em coma. O jovem conduzia uma motocicleta, quando foi atropelado por um veículo Golf, em Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba. O motorista do carro teria fugido do local sem prestar socorro.
 
A mãe de Gabriel, Patrícia Cordeiro Werneck Lau, afirmou em entrevista à Banda B nesta terça-feira (02) que até o momento não teve nenhum retorno sobre que fim terá o caso. “Nosso apelo é por justiça. Não tivemos nenhuma resposta nestes três meses e queremos saber o que vai acontecer, o que acontece quando uma pessoa fura um sinal e foge do local do acidente”, disse Patrícia.
 
Ela disse ainda acreditar que o filho vai sair do coma e voltar para a família. “O Gabriel é uma pessoa muito amável. No fim de semana, ele vinha cuidar da avó dele que está em coma há quase quatro anos. Ele cuidava dos primos e de mim também. Tinha muitos amigos e a cidade toda está preocupada com ele em oração”, revelou a mãe.
 
O acidente
Gabriel Werneck Lau, de 19 anos, dirigia uma motocicleta e vinha do Centro sentido à rua Ema Taner de Andrade, em Campo Largo, Região Metropolitana de Curitiba, de acordo com informações da família. O jovem acabou sendo atingido por um veículo Golf preto que estava na antiga BR-277, nas proximidades do Restaurante Laçador. O acidente aconteceu na noite do dia 1 de dezembro de 2020.
 
Segundo informações do jornal Folha de Campo Largo, o motorista do carro fugiu e não prestou socorro. Ainda, testemunhas teriam relatado que o carro passou o sinal vermelho e com o impacto o motociclista acabou sendo arremessado e a moto arrastada na pista.
 
Socorristas do Siate foram acionados e encaminharam a vítima em estado grave para o Hospital do Rocio.