Sexta-feira | 21 de Janeiro de 2022 00:08
EM CAMPO LARGO 16º | 20º  
Opinião

Nossa última edição do ano

Chegamos em nossa última edição impressa do ano. O sentimento é de missão cumprida em informar da melhor maneira o nosso leitor.

Chegamos em nossa última edição impressa do ano. O sentimento é de missão cumprida em informar da melhor maneira o nosso leitor. Mesmo com uma equipe enxuta, levamos informação com seriedade, abrangendo diversas editorias, como também buscamos nos reinventar.

Foi um ano de muitos desafios, de muitas notícias que precisamos dar enquanto também estávamos envolvidos pela emoção do momento. O profissional de comunicação precisa agir com objetividade e imparcialidade, mas também somos humanos e diariamente nos solidarizamos com o que acontece ao nosso redor. Tentamos, com a notícia, ajudar quem precisa. Fazer com que situações tomem outras proporções de divulgação para o bem comum.

Que ano intenso nós vivemos. Conflitos pessoais e profissionais que tomaram conta de todos. Em todas as áreas foram surgindo maneiras diferentes de fazer negócio, de manter a empresa funcionando, principalmente formas diferentes de se relacionar com outras pessoas. Tudo muito novo, que exigiu paciência e perseverança.

Mas como saímos fortalecidos de 2021! O inesperado nos faz crescer, estimula nossa criatividade, nos faz perceber a necessidade de mudança, de fazer diferente. Também une mais as pessoas, estimula nosso lado emocional, mais reflexivo. Nos coloca em situações que nunca imaginávamos, mas que nos torna mais humildes e fortalece nossas bases.

Que assim seja em 2022! Que as perdas e dificuldades não tenham sido em vão nesta pandemia. Que isso nos traga muitos aprendizados para que possamos aplicar no ano que vem. Que continuemos com a mesma determinação e motivação de fazer ainda melhor. Que projetos se concretizem no novo ano que já se aproxima, para nós e para você!

Para isso, muita coragem a todos! Coragem para se reinventar, para sair do comodismo que muitas vezes é o que nos traz segurança. Coragem para às vezes se deparar com o que não deu certo, mas ter forças para mais uma vez tentar e num futuro breve comemorar estas conquistas. Como dizia Winston Churchill, “o sucesso é ir de fracasso em fracasso sem perder entusiasmo”.