Segunda-feira | 06 de Dezembro de 2021 00:25
EM CAMPO LARGO 16º | 20º  
Opinião

Alça de Mira

2022 sem uso de máscara? Que sonho!

Máscara
2022 sem uso de máscara? Que sonho! O secretário de saúde do Paraná, Beto Preto, já anunciou que estão estudando a melhor forma de deixarem de exigir o uso de máscaras de proteção contra a Covid-19. Isso porque vem diminuindo cada vez mais o número de casos da doença. Mesmo sem obrigação, o uso de máscara ainda deve acontecer em alguns locais, até mesmo por opção das pessoas se sentirem mais protegidas.

Natal
O valor de aproximadamente R$ 1,5 milhão para investir nas comemorações de Natal deste ano tem gerado polêmica. Vereadores já levantaram o assunto na Câmara, questionando a necessidade. Entendem a importância para fomentar a Economia local, pois as festividades nos últimos anos movimentaram bastante o comércio, mas consideram um valor muito alto, ainda mais em tempos difíceis que estamos vivendo, argumentando que poderiam ser utilizados em investimentos na cidade.

Pregão
A Folha pediu da assessoria da Prefeitura mais informações sobre o que será o Natal deste ano, programação e para onde será destinado o dinheiro. Na tarde desta quinta-feira (20) seria publicado novamente o edital do Pregão, que precisou de uma alteração. A partir daí devem prestar mais esclarecimentos de como será o Natal este ano.

Cemae
Vereadores também estão em cima da longa fila de espera para atendimento especializado de crianças no Cemae. Nesta segunda-feira (18) estavam registradas 104 crianças esperando por atendimento, o que dá um prazo de três anos para que consigam ser atendidos. Por isso, fazem o pedido de mais funcionários e ampliação da estrutura para conseguir atender a demanda da cidade, que está crescente. Até porque a maioria das crianças ali atendidas precisam de um atendimento contínuo. Um vereador chegou a questionar investir tanto no Natal enquanto há muito o que se fazer.

Atualização
Alguma coisa errada que não está certa. Onde estão as atualizações no site da Câmara Municipal? Os arquivos recentes do que está sendo votado nas sessões ordinárias não aparecem mais como acontecia antes. A última matéria publicada lá é de setembro!

Pra pensar na cama
Lamentável pensamentos tão pequenos ainda mais em uma era globalizada.