Terça-feira | 11 de Maio de 2021 01:46
EM CAMPO LARGO 16º | 20º  
Geral

Tarifa de água ficará 5,7% mais cara a partir de maio

Os novos valores tarifários passam a valer 30 dias após a publicação da Resolução da Agepar no Diário Oficial do Estado, ou seja, para o mês de maio

Em todo o Paraná a tarifa de água irá subir 5,7%, de acordo com informações da Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados do Paraná (Agepar), após aprovação da 2ª Revisão Tarifária Periódica (RTP) da Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar), que aconteceu em meados de abril.
Os novos valores tarifários passam a valer 30 dias após a publicação da Resolução da Agepar no Diário Oficial do Estado, ou seja, para o mês de maio. De acordo com o texto publicado pela Agepar, durante o processo de aprovação foram discutidos dois cenários, que incluem compensações previstas nas definições dos últimos reajustes, sendo eles a manutenção da compensação do saldo da conta gráfica em quatro anos com o índice de 5,7701% ou a compensação da conta gráfica apenas para o primeiro ano do ciclo tarifário, com índice de 6,4845%.
O relatório recomendou e o Conselho Diretor aprovou a primeira opção. “O pagamento em quatro anos permite um menor impacto de curto prazo no orçamento das famílias e empresas, especialmente considerando o atual momento de crise econômica e redução de renda”, destaca o relatório a partir de afirmação dos estudos da Coordenadoria de Energia e Saneamento (CES).
Este é o segundo reajuste na tarifa de água e esgoto dos paranaenses em 2021. Em fevereiro deste ano havia sido iniciada a cobrança de um reajuste da Sanepar de 5,11%, pela Agepar.
Este reajuste estava suspenso a pedido do Governo do Paraná, que controla a Sanepar, desde setembro de 2020. O reajuste previsto para 2020 e que havia sido homologado pela agência em agosto era de 9,62% e seria aplicado em outubro. Para justificar o pedido da suspensão, o Governo considerou efeitos econômicos e sociais provocados pela pandemia de Covid-19 e a crise hídrica vivida no Paraná.