Sábado | 23 de Outubro de 2021 08:34
EM CAMPO LARGO 16º | 20º  
Geral

Projeto do Meio Ambiente em Cmei reúne comunidade escolar e famílias

Com um projeto que tem como objetivos a preservação ambiental, a conscientização social e as transformações.

Com um projeto que tem como objetivos a preservação ambiental, a conscientização social e as transformações através do seu ato, a equipe do Centro Municipal de Educação Infantil Marilene Domingas Rivabem Sphair iniciou em agosto, juntamente com as famílias das crianças, de maneira remota, uma campanha de separação do lixo reciclável.

“A proposta feita foi de armazenar de forma correta os materiais e somente em outubro, durante a Semana da Criança, trazer até o CMEI para a coleta e descarte correto, pois para a instituição o mais importante que presentear com doces e brinquedos é repassar alguns valores que acompanharão as crianças pela vida toda, desenvolvendo desde a infância a consciência sobre a necessidade de proteger o meio ambiente”, ressaltou a diretora do CMEI, Andréa Miranda.

No último sábado, dia 02 de outubro, receberam as famílias na instituição, tomando todos os cuidados necessários de distanciamento social, uso de máscaras e álcool gel e aferição da temperatura, onde além de deixarem o lixo trazido de casa, puderam percorrer e interagir nas oficinas criadas pelas professoras com o objetivo de impactá-los sobre a ação do homem na natureza, podendo ser ela para o bem ou para o mal.

As oficinas
Entre as oficinas criadas, estavam “Explorando Elementos da Natureza”, na qual as crianças e adultos puderam explorar através dos órgãos dos sentidos os cheiros, texturas e sabores e formas que a natureza nos oferece, como por exemplo: degustação de vários tipos de chá.
“Impactos do Lixo no Meio Ambiente”, onde foi abordado como tema as escolhas erradas que podem ser tomadas e acabar prejudicando os animais e as pessoas através da poluição, das queimadas irregulares, do lixo jogado na natureza e do descarte incorreto de materiais, como o óleo de cozinha e máscaras.

“Reciclando à Diversão”, na qual a criança e o adulto puderam se encantar com a criatividade usada na confecção de brinquedos feitos somente com o uso de materiais recicláveis. O ambiente lúdico da oficina transformou um cantinho da sala de aula em base aérea e espacial e uma cozinha toda feita de papelão em espaço gourmet.

“Do Lixo ao Luxo”, neste ambiente foi possível apreciar verdadeiras obras de artes que o lixo transformou em artesanato: pneus velhos deram lugar a lindos suporte de plantas; disco de vinil em vasos para suculentas e papel de jornal em vasos decorativos, fazendo desses apenas alguns exemplos da diversidade de objetos que foram expostos.

Para finalizar, a criança que aprendeu a cuidar da natureza recebeu um adesivo personalizado e as famílias puderam participar de um ato simbólico plantando uma muda de ipê-amarelo na frente da instituição e depois levaram pra casa uma muda de árvore nativa da nossa região.
“São pequenas atitudes que transformam o mundo e transformarão nosso futuro. Sabemos das nossas responsabilidades, mas devemos colocá-las em prática e a implantação do nosso projeto foi uma maneira encontrada para realizar isso”, finaliza a pedagoga Selia Regina.