Domingo | 05 de Dezembro de 2021 16:35
EM CAMPO LARGO 16º | 20º  
Geral

Primeira prova do Enem 2021 acontecerá neste domingo (21)

Professora fala sobre o momento de ansiedade na vida dos estudantes que farão a prova; saiba o que pode e não pode levar nos dias de prova  


Será realizado neste domingo (21) a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021, na qual os candidatos serão submetidos às provas objetivas de Linguagens e Ciências Humanas, e também a prova de Redação, tanto para as modalidades impresso como digital. A segunda prova será realizada no próximo domingo (28), quando serão aplicadas as provas de Matemática e Ciências da Natureza.

A prova e o seu resultado são necessários para utilizar em programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de ensino superior, e o Programa Universidade para Todos (ProUni), que concede bolsas de estudo em instituições privadas de ensino superior.

A professora da disciplina de Língua Portuguesa, Débora de Andrade, que leciona no Ensino Médio, comenta que é perceptível a ansiedade dos alunos nesta fase mais intensa de provas, que compreende além do Enem, os vestibulares. “A ansiedade se manifesta de diferentes formas. Alguns alunos ficam mais agitados, outros mais calados. Para os que percebem a importância do Enem como a oportunidade para ingressarem no curso sonhado, acaba sendo um momento difícil, de bastante pressão. Preocupam-se em não decepcionar, querem corresponder às expectativas depositadas neles.”

Ela segue explicando que desde o início do Ensino Médio conversa com os alunos sobre os exames aos quais serão submetidos. “Desde o início do Ensino Médio, conversa-se com eles sobre os exames que terão pela frente. Nos últimos dias, nas aulas de Língua Portuguesa, foram feitas algumas atividades nas quais os alunos puderam expor as suas angústias enquanto jovens. Falaram inclusive do quanto às vezes sentem a falta da demonstração de mais carinho de seus pais neste momento de pressão. Mais abraços, palavras de afeto, cafuné os acalmariam, aliviariam a angústia de suas incertezas”, revela.

“Nos dias anteriores à Pprova, que é uma exigente maratona, o melhor é descansar. Para isso, os estudantes devem fazer algo de que gostam, mas sem excessos. O Enem reflete os estudantes que sempre foram. A dedicação à escrita, à leitura e ao estudo em todas as disciplinas dos anos anteriores se somará ao que fizeram durante a terceira série do Ensino Médio. Por isso, que tenham tranquilidade e confiança em suas habilidades e dedicação”, recomenda.

Além daqueles candidatos que ainda estão na escola, há também a participação de pessoas adultas, que buscam encontrar uma oportunidade de cursar o Ensino Superior. “O Enem é um processo inclusivo, não somente para os estudantes jovens, mas para todos que desejam ser alunos universitários. Na nossa escola, uma das colaboradoras do colégio onde leciono tentará o exame aos 59 anos. Ela relata que o estudo é o seu novo objetivo de vida. Atenta ao que comento sobre possíveis temas da Redação e às atualidades, ela nos dá uma enorme lição: ter acesso ao conhecimento é direito que precisa ser valorizado por todos da sociedade”, finaliza a professora Débora.

O que levar para a prova?
Há itens obrigatórios para que o candidato possa fazer a prova nos dias de aplicação. São eles um documento oficial com foto, caneta preta feita de material transparente, número de inscrição senha (decorado ou anotado), máscara de proteção facial (tanto para utilizar no momento de chegada, como também para trocar durante a prova), declaração de comparecimento impressa (caso precise justificar ausência no trabalho).

No dia, o candidato pode levar consigo garrafa d’água transparente e sem rótulo, álcool em gel e lanche, que podem ser frutas, barra de cereais, salgadinho, barras de chocolate, entre outros. De acordo com o edital do Enem 2021 o fiscal poderá revistar o lanche do candidato.
Neste dia não podem ser levados para o local de prova itens como lápis, caneta de material não transparente, lapiseira, borrachas, réguas ou corretivos, livros, manuais, impressos, anotações.

Também é vetado o uso de quaisquer dispositivos eletrônicos, como wearable tech, máquinas calculadoras, agendas eletrônicas e/ou similares, telefones celulares, smartphones, tablets, ipods, gravadores, pendrive, mp3 e/ou similar, relógio, alarmes, chaves com alarme ou com qualquer outro componente eletrônico, fones de ouvido e/ou qualquer transmissor, gravador e/ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens. Não pode entrar na sala utilizando óculos escuros, boné, chapéu, viseira, gorro ou similares. No caso de artigos religiosos, os itens deverão ser revistados pelo fiscal de prova.