Sexta-feira | 30 de Julho de 2021 08:27
EM CAMPO LARGO 16º | 20º  
Geral

Padre Lino deixará sempre presente seu trabalho de acolhida e mensagens com vivência no amor e igualdade

Foram dois anos muito intensos com a presença do Padre Lino na Paróquia Nossa Senhora da Piedade.

Foram dois anos muito intensos com a presença do Padre Lino na Paróquia Nossa Senhora da Piedade. Ele se despede para seguir sua missão na paróquia de Santa Bertila, no Bairro Alto em Curitiba. Aqui, deixará sua história registrada.

Conforme declaração de Clarice Nesi Bonato, da coordenação Paroquial, à Folha, foram dois anos de muita riqueza para a Paróquia. “Um padre que a comunidade acolheu, como ele acolheu a comunidade. Pessoa de humildade grandiosa, sempre preocupado com o bem-estar das pessoas, tanto na parte espiritual, como nos cuidados com os paroquianos e os necessitados. Pessoa de um coração grandioso”, ressalta.

Diz que estão muito felizes com a nova caminhada dele, mas que vão sentir muita falta. “Ele trouxe muita alegria, nas celebrações trazia uma riqueza nas suas mensagens, nas suas homilias, sempre trabalhando a vivência do amor, trazendo uma igualdade social em suas falas. Sempre pensa naquele necessitado, em quem precisa de acolhida e apoio”, completa.
Padre Lino é uma pessoa de boa convivência e trouxe um outro olhar para a paróquia, sendo sempre muito atuante. Dentro do projeto social, sempre gostou de cuidar da horta e do espaço de lazer, o que era uma terapia pra ele, que distribuía suas colheitas. “Uma pessoa excepcional, amável, brincalhão, sempre sorridente. Só nos trouxe alegria. Todo seu trabalho era voltado para a comunidade. Deixa agora um vazio aqui”, comenta Clarice, contando que ele não deixou de atender na pandemia, visitava pessoas sofridas, levando a bênção nos lugares em que era pedido, com olhar amoroso.

“Aonde ele estiver, que ele seja abençoado e continue esse trabalho e leve também o legado que ele deixou aqui para nós. Que Deus ilumine muito ele neste trabalho novo”, finaliza.