VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 16º | 20º

Terça-feira | 02 de Março de 2021 13:37
Terça-feira | 02 de Março de 2021 13:37
VERSÃO IMPRESSA
EM CAMPO LARGO 16º | 20º

Momi Stoco foi a pessoa mais idosa a ser vacinada em Campo Largo

Aos 105 anos a animação para tomar a vacina era a mesma de “ir para uma festa”, conta Sônia Stoco, filha do seu Momi

Por: Caroline Paulart

Nesta quarta-feira (17) seu Jerônimo Stoco, o Momi Stoco, recebeu a vacina contra a Covid-19, ao 105 anos. Conforme informações da Prefeitura de Campo Largo, ele foi a pessoa mais idosa a ser vacinada no município.


 

A Folha conversou com a filha do seu Momi que contou que embora ele tenha dificuldades para enxergar e escutar, está muito atualizado sobre as notícias da Covid-19 e ficou muito animado para receber a vacina. “Ele estava muito animado, radiante. Parecia que estava indo para uma festa. Estava agitado, nervoso e só falava sobre a vacina. Ele se cuida muito, está cada pouco passando álcool em gel e nunca esquece da máscara para sair de casa. Pouco ele sai e tem contato com outras pessoas, sem ser da família, somente quando precisa ir ao médico ou ao dentista”, conta Sônia Stoco, filha de Momi que o acompanhou para tomar a dose.

Seu Momi não teve nenhuma reação da vacina, está absolutamente bem, conforme conta Sônia.

Ela comenta que para evitar um isolamento total, que possa deprimi-lo, seu irmão, Emídio Stoco, leva o pai diariamente para passear de carro no interior do município para comprar frutas frescas – um passeio que ele adora e espera ansiosamente. Aos finais de semana, a família se reveza nas visitas, ainda que mais distantes, para não deixar o patriarca sozinho. “O que ele mais gosta de fazer é conversar, contar os ‘causos’ dele. Está com uma saúde de ferro. Embora tenha passado por alguns problemas no último ano, reagiu e está bem”, comenta.

1245 visitas






Sua Opinião