Terça-feira | 11 de Maio de 2021 01:48
EM CAMPO LARGO 16º | 20º  
Geral

Falecimento da professora Eliane Lunardon causa comoção na cidade

Na manhã desta quarta-feira (28), muitas pessoas manifestaram suas últimas homenagens à professora de Língua Portuguesa Eliane Dias Lunardon (52).

Na manhã desta quarta-feira (28), muitas pessoas manifestaram suas últimas homenagens à professora de Língua Portuguesa Eliane Dias Lunardon (52). Ela era funcionária padrão do Estado do Paraná há mais de 20 anos e atuou em vários colégios campo-larguenses, sendo o último no Colégio Estadual Clotário Portugal. Também era professora da Faculdade ISE.

Nascida na cidade de Guaraci, no Norte do Paraná, Eliane veio morar com os pais e irmãos há aproximadamente 40 anos em Campo Largo. Era casada e tinha três filhos. “Ela era uma pessoa muito boa, ativa, que gostava de conversar. Era muito pensante também, encabeçava projetos e era muito estudiosa. Gostava de ajudar as pessoas, tinha muita amizade com os alunos. Há poucos meses realizou o sonho de ser professora de faculdade e ajudou uma aluna que tinha somente aulas pelo celular. Ela fez questão de ajudar a aluna e doou um aparelho melhor para ela acompanhar as aulas”, conta Leonardo, o filho primogênito de Eliane.

Eliane era formada em Letras e Pedagogia, tinha duas pós-graduações, mestrado em Teologia na Educação e doutorado na PUC-PR. A professora doutora tinha uma doença chamada rins policísticos, diagnosticado há 25 anos. Em 2018 passou por um transplante de rim. No início de abril acabou sendo contaminada pela Covid-19, ficou internada, sendo 13 dias na UTI. Não resistiu e faleceu na manhã desta quarta-feira (28). “Agradecemos a todos pelas manifestações de carinho pela nossa mãe e às pessoas que nos ajudaram neste momento”, finalizou Leonardo.