Terça-feira | 11 de Maio de 2021 00:37
EM CAMPO LARGO 16º | 20º  
Geral

Banda campo-larguense irá participar do festival beneficente online Hard Power United

A banda campo-larguense Sex’n’Roll foi convidada pela organização para participar do festival online beneficente Hard Power United – Origins Edition, que acontece no próximo dia 18 de abril, junto com 19 bandas do Brasil e de mais cinco países

A banda campo-larguense Sex’n’Roll foi convidada pela organização para participar do festival online beneficente Hard Power United – Origins Edition, que acontece no próximo dia 18 de abril, véspera do Dia do Índio, às 16h, pelo canal do YouTube Alma Hard  (https://www.youtube.com/AlmaHardCanal). De acordo com a divulgação, o objetivo do festival é prestar auxílio ao povo nativo da região metropolitana de Curitiba.

Durante o festival, a banda campo-larguense terá o lançamento do single com clipe Striptease. “Estamos com muitas novidades para 2021 e será um grande ano. O nosso vocalista está na Inglaterra terminando as gravações dos vocais do nosso próximo CD, que deve ser lançado no segundo semestre do ano. O trabalho está ficando muito bom. Além disso iremos lançar mais dois singles antes do lançamento do CD, o 2000 Miles e o Roadrock. O Striptease será só no festival o lançamento e depois vai para todas as nossas plataformas”, comenta Stanley, membro da banda Sex’ n’ Roll.

De acordo com a organização do festival, o evento online reunirá vinte bandas, oriundas de seis países da América do Sul e do Norte, Europa, África e Oceania. Onze grupos brasileiros participam: os paranaenses Hot Foxxy, Sex’n’Roll, Landfall e Electric Mob, além de Lionheart, Marenna-Meister, Inluzt, Bastardz, Sixty Nine Crash, Sioux66, que se apresentou no último Rock in Rio, e Nanquin.

Bandas de outros cinco países também se apresentam no Hard Power United. O representante de sleazy rock da Austrália é o Snake Bite Whisky. De Portugal, vem o Affäire e Tones of Rock. Dos Estados Unidos, Wild Street e o Red Devil Vortex, que conta com integrantes brasileiros radicados na América do Norte. Da África do Sul participa o L.A. Cobra. E do Chile as bandas Hunter, Nazty Gunz e Exxocet.

A ação beneficente

A ação em apoio às comunidades será em prol das aldeias Kuaray Haxa e Tupã Nhe’é Kretã. A primeira fica localizada entre Antonina e Guaraqueçaba, com 17 pessoas da etnia Mbya Guarani, sendo seis crianças, de cinco famílias.

A segunda é uma comunidade com etnias guarani e caingangues, que reúne cerca de 40 pessoas divididas entre 11 famílias, em Morretes. A organização, por meio de nota, afirmou que compreende a luta do povo nativo, e trabalha pela visibilidade da causa indígena e pelo reconhecimento das pessoas dessas e de outras tribos, como parte integrante da nossa sociedade.

Devido ao momento de isolamento pela pandemia, as ações se concentrarão na arrecadação de alimentação/cestas básicas, produtos de higiene pessoal e limpeza, chinelos e material escolar. O evento receberá qualquer tipo de doação, a partir do início da divulgação até o dia do evento. Quem puder doar os produtos que a aldeia mais carece ou enviar contribuições em dinheiro, deve entrar em contato com a organização. As doações durante a transmissão serão feitas via QR Code.

A organização e curadoria do evento são do produtor e movimentador cultural curitibano Darlan de Freitas.

Informações e doações

Mais informações e contato para doações às comunidades que serão atendidas pelo Instagram @hardpowerunited ou Facebook.com/events/417717495982474.