Sábado | 23 de Outubro de 2021 07:40
EM CAMPO LARGO 16º | 20º  
Geral

Alunos trabalham análise crítica de conteúdo informativo

As professora Andreia Bastos e Barbara Mello, da disciplina de Língua Portuguesa do Colégio Bom Jesus da Aldeia, trabalharam em sala a análise crítica de matérias informativas publicadas na Folha de Campo Largo. Os alunos do 7º ano discutiram opiniões a respeito de um tema, trocaram ideias e então elaboraram algumas cartas com suas avaliações.

Como complemento deste trabalho, foi solicitado à Folha que essas cartas fossem publicadas como registro do trabalho e envolvimento com o veículo de comunicação. Pelo interesse agradecemos a todos os envolvidos e também nos colocamos sempre à disposição. Segue cartas: “Campo Largo, 16 de setembro de 2021.

Prezada jornalista Caroline Paulart, Somos alunas do 7º ano e ficamos interessadas na notícia “29% dos brasileiros têm dificuldades na hora de interpretar textos’,’ lida em nossa aula de Língua Portuguesa. Esta notícia fala sobre a dificuldade dos brasileiros em interpretar textos, a taxa de analfabetos no Brasil e a influência da escola / família no processo de alfabetização. Apreciamos sua publicação e a maneira como foi composta, principalmente pelos depoimentos da mestre em Linguagens Angela Fernandes Pimenta e pelo assunto escolhido que definitivamente deveria ser mais debatido, pois é aterrorizante pensar que em pleno século 21 temos tantos analfabetos em nosso país.

Adoramos que a reportagem ressaltou como é importante o papel tanto da família quanto da escola no aprendizado das crianças, pois isso realmente faz toda a diferença no estudo dos jovens, podemos confirmar isso como alunos cujos os pais incentivam a leitura. Cordialmente, Isadora Alves B. Villas Boas e Ana Sofia G. Rudek” “Somos alunas do 7º ano do Bom Jesus Internacional Aldeia, Campo Largo/ PR. Gostaríamos de comentar sobre a notícia que lemos durante a aula de Língua Portuguesa, que fala sobre os brasileiros que têm dificuldades com a interpretação de textos. Achamos a notícia relevante, pois a leitura é importante e deve ser incentivada.

Em nossa escola, por exemplo, os professores incentivam os alunos a começarem a ler por meio de uma maratona literária. Também somos incentivadas a ler por nossos familiares, por isso, hoje em dia a leitura faz parte de nossas vidas. Sugerimos que em uma próxima reportagem você acrescente depoimentos de pessoas que viram o quão importante é acolher a leitura em seu cotidiano e como isso mudou as suas vidas. Cordialmente, Manuela Trippia e Sofia Bonato.” “Caro editor do jornal Folha de Campo Largo, Oi, meu nome é Mateus! E junto com o meu amigo Diego iremos opinar com a sua notícia ‘’29% dos brasileiros têm dificuldade na hora de interpretar textos’’.

Estudamos na escola Bom Jesus Internacional Aldeia e temos 11 anos. Primeiramente, achamos bem interessante essa notícia, que fala como é importante ler livros e quantas pessoas têm dificuldade de interpretar, por isso na nossa escola, estamos tendo uma maratona literária, atividade em que competimos com as demais turmas, quem lê a maior quantidade de obras. Isso incentiva a prática de leitura e, consequentemente, a interpretação. Agradecemos a sua atenção. Atenciosamente, Mateus e Diego.