Quinta-feira às 18 de Agosto de 2022 às 11:42:30
EM CAMPO LARGO  | 11º
Geral

Julho Vermelho: Uma gota de amor!

Julho Vermelho: Uma gota de amor!

A transfusão de sangue é um recurso médico utilizado em pacientes que necessitam muitas vezes em caso de urgência.

http://www.folhadecampolargo.com.br/noticia/48719/julho-verm

Julho Vermelho: Uma gota de amor!

Você já pensou que seu sangue pode salvar a vida de outra pessoa? A transfusão de sangue é um recurso médico utilizado em pacientes que necessitam muitas vezes em caso de urgência. Segundo a Agência Brasil, cerca de 3,5 milhões de pessoas realizam transfusões de sangue ao ano. No total, existem no país 27 hemocentros e 500 serviços de coleta.

A auxiliar de hemoterapia Karina Ferreira da Luz conta que com apenas uma transfusão é possível salvar até três vidas. E fala os casos em que são geralmente solicitados para serem feitos uma transfusão de sangue: “A transfusão de sangue é realizada quando o paciente tem uma indicação médica, em caso de anemia profunda, procedimento cirúrgico, hemorragia, dentre outros”. Complementa contando do procedimento, em que é encaminhada a solicitação de transfusão ao banco de sangue do hospital, onde será realizado vários testes para uma transfusão segura. O paciente receberá as bolsas de sangue compatível e o processo é realizado por um profissional habilitado”.

No ano passado, Adriana Druciak começou com algumas dores nas costas e uma fraqueza. Por alguns dias, até achou ser uma dor muscular, resolveu ir ao posto de saúde de Campo Largo e descobriu através de alguns exames que necessitava de uma transfusão de sangue. Ao longo dos seus dias no hospital recebeu algumas bolsas de sangue e fala como foi essa experiência: “Quando recebi a transfusão eu recebi vida em forma de gotas. Foi incrível”.

Para ser um doador é muito simples e fácil:
- Estar com boas condições de saúde;
- Ter entre 16 a 69 anos (menores de idade devem ter o consentimento dos responsáveis);
- Pesar no mínimo 50 kg;
- Estar descansado e bem alimentado (evitar alimentos gordurosos antes de quatro horas da doação).
É importante lembrar que a pessoa tem que estar com todos os exames de saúde em dia, para isso os bancos de doação de sangue sempre entram em contato e a pessoa passa por uma triagem.

Os benefícios de quem doa são grandes, o doador de sangue Dirceu Negrão falou sobre isso: “Depois que realizei a doação me senti mais leve para comigo mesmo, dá uma paz interior, uma sensação indescritível de poder ter ajudado uma pessoa sem ao menos conhecê-la”.

Ele foi doador durante 10 anos e mesmo não conseguindo doar nos últimos 03 anos ele conta o que o levou a doar sangue: “Interpretei na época como um gesto de amor com o próximo, principalmente com aquela pessoa que se encontra em um período delicado com sua saúde”.

Uma paciente que não quis se identificar conta um pouquinho da sua história: “Eu estava perdida, me sentia super fraca, via minha família ali e queria encontrar forças. Quando recebi as bolsas de sangue, eu vi uma esperança de que existem pessoas que fazem o bem, sem ao menos conhecer a pessoa, ver o sorriso dela e da família ao receber a transfusão de sangue”.