12h31 - 26 de Setembro de 2016

Geral

1ª Feira Brasil de Porcelanas poderá ter até 150 expositores

27/09/2013

Os produtores de louça e artigos de porcelana, vidros e acessórios para o lar, já estão se preparando para o maior evento nacional do setor, a 1ª Feira Brasil, que será realizada em Curitiba entre os dias quatro e 13 de julho de 2014, no Expo Renault Barigui. O Sindilouça, com sede em Campo Largo, é o organizador do evento que terá 106 estandes, podendo chegar a 150 expositores, além de praça de alimentação e muitos atrativos.

Para se ter uma ideia das dimensões do evento, a feira será montada com mais de 2.800 metros quadrados e prevê um público superior a 100 mil pessoas. Várias empresas de outros estados, principalmente São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, além das paranaenses, já foram convidadas, e muitas já reservaram espaços no evento. Segundo os organizadores, a Feira Brasil tem, por objetivo, dar visibilidade nacional às indústrias da louça, porcelana, vidros e acessórios para o lar.

Maior

Diferente da Feira da Louça, realizada em Campo Largo, que foca principalmente nos produtos locais, basicamente a louça, a Feira Brasil é bem mais abrangente, porque soma toda a indústria nacional de louça de cerâmica e porcelana, com a indústria de louça de vidro e acessórios para o lar. Ela chega num momento em que o Brasil pisa no freio das importações e passa a consumir mais os produtos locais, elaborados com qualidade internacional.

Newton Oliveira e Celia Mazzo, representantes do Sindilouça, junto com o presidente da entidade, José Canisso, acreditam no sucesso da Feira Brasil, que divulgará além dos produtos de Campo Largo, os de outras importantes indústrias da região. Esse evento não substitui a Feira da Louça, realizada no início do mês em Campo Largo, mas deve transformar-se na maior feira nacional do setor.

1658 visitas

Comentários

Fechar
Atenção Internautas: A Folha de Campo Largo não interfere na opinião dos leitores. Os internautas são responsáveis pelos seus comentários, inclusive juridicamente, se for o caso, até porque os comentários ficam gravados por até três meses e, se necessário, é possível identificar o IP, endereço, nome do proprietário da máquina etc. Não existe anonimato. A nossa única interferência é não publicar as opiniões que tenham palavrões e xingamentos preconceituosos, para evitar discussão. Todas as opiniões publicadas, o são, na íntegra, sem modificações, inclusive com os eventuais erros de Português. Só solicitamos aos internautas que utilizem esse espaço para uma discussão sóbria, civilizada e construtiva. A Folha não emite opiniões e nem entra nas discussões dos internautas.

Envie seu comentário:




Vídeos

Tocha Olímpica em Campo Largo

Colunistas

Ana Lúcia
Saúde
Andressa
Social
Barbosa
Social
Carioca
Social
Lauro
Esportes
Michele
Educação

Guia Folha


Impressos


Especial Dia dos Pais




Rua Gonçalves Dias, 1127 - Campo Largo / PR
Telefone: (41) 3032-3838