VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Quarta-feira | 21 de Outubro de 2020 15:29
Quarta-feira | 21 de Outubro de 2020 15:29
VERSÃO IMPRESSA
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Nutrição na Psoríase 29/10/2015


Por: Ana Lúcia

29/10/2015

 É caracterizada como uma doença autoimune e inflamatória da pele. Ocorre um aumento da proliferação das células epiteliais, levando a diferentes graus de lesões cutâneas. Ainda não há causas definidas para o surgimento da psoríase, mas sabe-se que é hereditária, é mais comum entre 20 e 30 e depois dos 50 anos e em indivíduos com histórico familiar pode aparecer mais cedo.

A doença pode ser desencadeada pelo frio, estresse, infecções por vírus, ingestão de bebidas alcoólicas e uso de alguns medicamentos.

A alimentação pode exercer um papel fundamental na melhora da qualidade de vida dos pacientes.
DICAS Nutricionais

•A diminuição do consumo de ácido araquidônico, presente nas gorduras animais, como carnes vermelhas e pele de frango, aumentam a função das interleucinas antiinflamatórias. Desse modo reduza o consumo desses alimentos, consuma mais peixes e frangos sem a pele como fonte de proteína.

•A redução calórica da dieta é vista como importante, uma vez que reduz o estresse oxidativo.

•Dieta isenta de glúten está sendo relacionada com uma melhora do quadro da psoríase. Exclua da dieta alimentos que contenham trigo, centeio, cevada ou aveia. E os substitua por carboidratos vindos de arroz, milho, trigo sarraceno, quinoua, batata, mandioca, mandioquinha e batata doce, por exemplo.

•Aumente o consumo de Omega 3 (peixes, linhaça), uma vez que esta gordura é um antiinflamatório natural e pode ajudar a reduzir as lesões cutâneas causadas pela psoríase.

•Alimentos como nozes, grãos, germe de trigo e peixes, devem ser consumidos, pois, são ricos em selênio, que auxiliam na diminuição de inflamação e da proliferação celular.

•A ingestão de beta caroteno melhora o quadro, aumente o consumo de alimentos como cenoura, beterraba, manga... melhoram renovação celular.

•O consumo de ácido fólico (aspargo, feijão, espinafre, beterraba, escarola, semente de girassol) está sendo identificado como redutor da síntese de DNA, inibindo a proliferação de células de divisão rápida como as células da epiderme.

•Evite a ingestão de bebidas alcoólicas e cigarro pois,reduzem os antioxidantes naturais do organismo!
 

1136 visitas






Sua Opinião