VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Terça-feira | 20 de Outubro de 2020 17:30
Terça-feira | 20 de Outubro de 2020 17:30
VERSÃO IMPRESSA
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Carnes 11/09/2014


Por: Ana Lúcia

11/09/2014

Todos os tipos de carnes são fontes importantes de proteínas de alto valor biológico, ferro e vitaminas do complexo B, principalmentaa vitamina B12. Além dessas vitaminas, a carne bovina é rica em cobre, potássio e magnésio. As carnes de porco,são fontes de potássio e as de peixe tem cálcio, tripofano, ômega 3 e selênio. Por serem fontes importantes de proteína, atuam no crescimento, regeneração e renovação de diferentes tecidos do corpo, como ossos, músculos e pele, contribuem para a produção de hormônios, como a insulina e enzimas digestivas , além de trazer benefícios ao sistema imunológico e no ganho de massa magra.

No churrasco com amigos ou até mesmo quanto temos aquela carne preferida, sempre temos o exagero na hora de comer. O problema é que comer demais ou até mesmo comer de menos pode prejudicar o organismo. O excesso de consumo de carnes, principalmente da carne vermelha, pode contribuir para o aumento do colesterol,possíveis problemas cardíacos, devido ao elevado teor de gordura saturada. Já a falta do alimento pode causar visíveis danos à saúde, como a perda de massa magra, enfraquecimentos de unhas, e cabelo, má regeneração dos tecidos, entre outros.

Os especialistas indicam a carne magra, com pouca presença de gordura para manter a alimentação equilibrada .O melhor tipo de carne para uma vida saudável é a carne magra, sendo ela de boi, frango ou peixe, mas desde que preparadas de forma adequada, sem frituras ou excesso de gorduras.As carnes brancas são melhores devido a redução significativa de gordura na sua fibra muscular quando comparada à carne vermelha. Para cada 100 gramas de carne vermelha encontramos em média de 2 gramas de gordura e a carne de peixe (filé de merluza) contém em média 1 grama de gordura. Mesmo com estas diferenças todas são importantes para uma boa alimentação.

Na fila do açougue nos supermercados sempre temos a dúvida de qual carne levar para casa. O primeiro passo é ficar atento a manipulação e conservação das carnes, observe se os funcionários usam luvas, toucas e bonés e se o local em que a carne está armazenada é bem refrigerado e limpo, assim, os riscos de contrair alguma infecção alimentar são bem menores “A carne in natura deve ter cor vermelho-cereja brilhante; e quando for embalada à vácuo, este deve estar bem preservado. Os peixes por serem muito delicados, devem ser observados o odor, as escamas e os olhos precisam estar brilhantes com a córnea transparente. Se a compra for realizada no supermercado, vale lembrar que a carne é o último item a ser colocado no carrinho de compras, porque a oscilação de temperatura influi na vida útil do alimento.
 

2197 visitas






Sua Opinião





Últimas Notícias