VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Terça-feira | 20 de Outubro de 2020 16:59
Terça-feira | 20 de Outubro de 2020 16:59
VERSÃO IMPRESSA
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Cardápio escolar em Campo Largo ganha comidas típicas durante Copa do Mundo 12/06/2014


Por: Ana Lúcia

12/06/2014

O cardápio das escolas municipais de Campo Largo também entrou no clima de Copa do Mundo. Os alunos serão surpreendidos com pratos típicos do Chile, da Alemanha, da Espanha, da Itália e de Portugal, exatamente no dia em que as seleções desses países estiverem jogando: 13, 16, 18, 24 e 26 de junho, respectivamente. O menu especial terá Carbonada Chilena, Chucrute, Paella de Frango, Macarrão à Bolonhesa e Sopa de Caldo Verde.

Para complementar a ideia com informações e curiosidades sobre os países, foi elaborado o “Mural da Nutrição na Copa”, que ficará exposto nas escolas. “Nós incentivamos as escolas a elaborarem um mural com informações relativas à alimentação saudável, que deve ter o conteúdo atualizado mensalmente. Desta vez, por conta da Copa, a gente acrescentou a culinária típica de alguns países no mural para que os alunos conheçam novos sabores”, conta a nutricionista Paula Piekarski.

“A gente aproveitou esse clima de Copa para inserir no cardápio dos alunos comidas diferentes, dando a eles a oportunidade também de conhecer culturas diferentes”, explica a nutricionista, que idealizou o projeto junto com a também nutricionista Georgia Rocha e a técnica Jhenefer Albach Vieira, todas integrantes do Departamento de Alimentação Escolar da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte.

Para a equipe, a ideia é aproveitar o momento histórico para promover um contato objetivo dos alunos com outras culturas, de uma maneira criativa e, provavelmente, inesquecível. “A iniciativa é muito interessante”, comemora o coordenador do Departamento, Zauri Fernandes Pereira. “Tenho certeza de que as crianças vão gostar bastante. Além de ser Copa do Mundo, aqui em Campo Largo nós temos muitos descendentes de diferentes etnias. Será a chance de os alunos conhecerem suas próprias origens”, diz.

Os pratos foram escolhidos levando em conta tanto a disponibilidade dos alimentos com o gosto dos alunos, com o cuidado de não utilizar ingredientes muito diferentes dos usuais.
 

4234 visitas






Sua Opinião





Últimas Notícias