VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Sábado | 24 de Outubro de 2020 06:05
Sábado | 24 de Outubro de 2020 06:05
VERSÃO IMPRESSA
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Ratinho Júnior é empossado como governador do Paraná

“Vamos preparar o Paraná para o futuro”, afirma o governador Ratinho Junior

Por: Agência de Notícias

Em seu primeiro discurso como governador, na Assembleia Legislativa, Carlos Massa Ratinho Junior reafirmou o compromisso de preparar o Paraná para o futuro. Ele definiu como objetivo de gestão transformar o Paraná no Estado mais moderno do País e referência nacional em gestão pública. Ratinho Junior assumiu o Governo do Estado nesta terça-feira (01/01).

A base para isso, explicou, será o planejamento, a definição de metas, a inovação, eficiência da gestão, va­lorização e capacitação de servidores e o respeito ao dinheiro público. “Não viveremos mais o estado do impro­viso, vamos planejar o nosso futuro. Nós sabemos onde queremos chegar e o único caminho possível é a eficiên­cia”, afirmou.

Eficiência, modernidade, inovação foram as palavras mais utilizadas pelo novo governador, que confirmou que vai atender o desejo de mudança manifestado nas urnas.

Defensor do Estado Necessário, pautado pela efici­ência na gestão e por uma estrutura enxuta, Ratinho Ju­nior destacou as medidas que serão adotadas pelo novo governo. A primeira delas, tomada antes mesmo da pos­se, foi a redução do número de secretarias de 28 para 15. “É a primeira etapa para a redução da máquina pública”, disse ele.

Metas

Ratinho Junior reforçou que toda a administração es­tadual irá trabalhar com metas e resultados. O governa­dor também informou que serão feitos investimentos na infraestrutura do Estado e na capacitação e valorização dos servidores e que as empresas, independente do por­te, terão mais apoio do Estado.

“Vamos realizar os ajustes necessários para me­lhorar os resultados e a entrega dos serviços que a po­pulação precisa e merece. E vamos facilitar a vida das pessoas e das empresas”, garantiu.

Segundo ele, o ambiente político nunca foi tão favo­rável para as mudanças. Pela primeira vez, o Paraná terá senadores alinhados ao governo e deputados federais e estaduais comprometidos com o novo modelo de fazer política. Ratinho Junior também citou o bom relaciona­mento com a sociedade civil organizada, representada pelo seu vice, Darci Piana, que foi presidente da Feco­mércio.

Linhas de ação do novo governo

Veja a síntese do que disse o governador Carlos Massa Ratinho Junior sobre diversas áre­as do Estado:

Agricultura

Seremos o celeiro do mundo e vamos agre­gar valor à produção. Vamos investir em tecnolo­gia, apoiar os produtores em todos as áreas, da economia familiar às grandes cooperativas. A in­fraestrutura será uma das bases para apoiar esse crescimento.

Infraestrutura

Vamos ampliar e modernizar nossos aeropor­tos, rodovias e ferrovias. Melhorar eficiência de nossos portos e consolidar novos projetos. Sere­mos o hub logístico da América Latina para assu­mir a liderança econômica da nossa região.

Segurança

Vamos valorizar nossos profissionais e com­binar as mais modernas tecnologias com inte­ligência, estratégia e a presença ampliada de nosso contingente nas ruas.

Educação

O aluno será o centro do processo de ensino. Vamos em busca do melhor Ideb - Índice de De­senvolvimento da Educação Básica

Ensino Superior

Vamos consolidar nossas universidades como polos de desenvolvimento regional, va­mos valorizar os educadores e todos os co­laboradores envolvidos nesse processo para garantir a melhor formação possível para nos­sos jovens.

Nossas escolas vão formar os cidadãos e os novos desafios que o século XXI nos impõe.

Empregos

Vamos focar na geração de empregos, mas empregos próximos das pessoas. Gerando novas oportunidades em todas as regiões para não se­parar as famílias.

Economia

Vamos atrair e desenvolver novas atividades econômicas. Se já somos o Estado do agronegó­cio, seremos também o Estado do turismo, inova­ção tecnológica e novos modelos industriais.

Saúde

Teremos programas para garantir que a saú­de no nosso Estado seja sinônimo de respeito e de qualidade.

Gestão

Vamos fazer essa transformação com uma gestão consistente, com planejamento, com a indicação dos melhores profissionais, uso das melhores técnicas e junto com a valorização e ca­pacitação de nossos servidores.

Redução da máquina

Não terei medo e não vou ceder um milímetro para acabar com os privilégios e excessos da má­quina pública. Vou defender e praticar o Estado Necessário, aquele que se pauta pela eficiência e pela estrutura necessária para resgatar a dig­nidade dos que mais precisam e incentivar novas oportunidades.

11977 visitas






Sua Opinião