VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Quarta-feira | 21 de Outubro de 2020 12:50
Quarta-feira | 21 de Outubro de 2020 12:50
VERSÃO IMPRESSA
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

É possível fazer a diferença no setor público

Quando o objetivo ao ocupar um cargo tão importante não é quanto vai ganhar no final do mês, mas sim pensar de que maneira pode fazer o seu melhor, motivar os colaboradores para que trabalhem com a mesma sintonia, que queiram deixar seus nomes registrados na história, pois de certa forma têm o poder de transformar a realidade de milhares de pessoas.

Por: Redação

Nesta semana, tanto a população campo-larguense como os empresários - que precisam utilizar energia em alta tensão - foram surpreendidos com uma excelente notícia: Campo Largo tem a maior redução na tarifa de energia elétrica do Brasil, entre todas as concessionárias. Isso permitiu que os cidadãos respirassem um pouco mais aliviados, pois a preocupação com a conta no final do mês era uma reclamação constante, especialmente nas redes sociais. Agora, a redução na conta do contribuinte será de 7,02%. Para indústrias chega a 14,04%, o que de certa forma também impacta no bolso do contribuinte, já que com menos custos o repasse ao cliente final é menor.

A notícia é motivo de comemoração não só pela redução, mas pelo trabalho eficiente que está sendo realizado na Companhia Campolarguense de Energia - Cocel, como nunca se tinha visto. Uma gestão que tem mostrado zelo ao investir o dinheiro dos campo-larguenses, utilizando de forma a voltar o benefício ao cidadão, tornando hoje a cidade uma referência. O presidente da Companhia, José Arlindo Chemin, chegou a se emocionar ao declarar que Campo Largo foi citada pelo presidente da Aneel como um exemplo a ser seguido. Uma cidade tão pequena em meio a tantas outras, mas que o fez mencionar que o conceito de trabalho na Aneel precisava ser revisto.

Precisamos valorizar que o trabalho executado pela Cocel foi muito bem feito. Em um curto período de tempo, com trabalho executado pela gestão preocupada em fazer a diferença, tem colhido os frutos e reconhecimento, não somente aqui, mas em todo o país. Nos últimos meses, a Cocel passou a comprar energia elétrica em mercado livre, por meio de leilões, já buscando essa redução na tarifa. Isso acabou colocando a companhia campo-larguense no patamar das grandes concessionárias do país.

Além disso, desde 2018, a Cocel já apresentou mudanças, sendo divulgada como o menor aumento tarifário do Paraná, ano em que também conquistou dois Prêmios IASC (Índice ANEEL de Satisfação do Consumidor), como a melhor concessionária de seu porte e também como a que mais cresceu no país. Neste ano, no mês de maio, recebeu o Prêmio Aneel de Ouvidoria, sendo reconhecida como uma das três melhores Ouvidorias das concessionárias do mesmo porte no país. É motivo de orgulho pelo povo campo-larguense, porque são reconhecimentos emitidos por uma instituição séria, que rege as normas vigentes no país para todas as concessionárias existentes no Brasil.

Esses são fatos históricos que irão refletir no modo de administração da Cocel - que é de economia mista, sendo de propriedade pública e privada - por toda a sua tragetória futura. Nunca havia sido registrada diminuição tarifária tão significativa quanto essa, não somente aqui, também no Brasil. Fruto de uma gestão que mostra que é possível fazer diferente no Poder Público e obter resultados expressivos. Quando o objetivo ao ocupar um cargo tão importante não é quanto vai ganhar no final do mês, mas sim pensar de que maneira pode fazer o seu melhor, motivar os colaboradores para que trabalhem com a mesma sintonia, que queiram deixar seus nomes registrados na história, pois de certa forma têm o poder de transformar a realidade de milhares de pessoas. Podemos enaltecer toda a diretoria, assim como colaboradores como a Barbara Lunardon e tantos outros da companhia, que independente de gestão política dão sempre seu melhor. E que tenhamos mais exemplos de pessoas como essas!

7591 visitas






Sua Opinião





Últimas Notícias