VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Terça-feira | 22 de Setembro de 2020 07:09
Terça-feira | 22 de Setembro de 2020 07:09
VERSÃO IMPRESSA
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

A preciosa vacina contra a Covid-19

A sensação é que estamos indo para o final do filme de ficção científica, quando a doença que causou milhares de mortes, 623.897 no mundo até essa quinta-feira (23), e deixou mais de 15 milhões infectados, finalmente parece que terá fim com a chegada de uma vacina.

Por: Redação

A sensação é que estamos indo para o final do filme de ficção científica, quando a doença que causou milhares de mortes, 623.897 no mundo até essa quinta-feira (23), e deixou mais de 15 milhões infectados, finalmente parece que terá fim com a chegada de uma vacina; a vacina mais preciosa para o mundo até agora, a nossa menina dos olhos.

Desde que começou a pandemia, heróis pesquisadores buscam meios de conseguir produzir uma vacina que consiga imunizar a população contra esse mal. Elas ainda estão em fase de produção e é quase como uma corrida contra o tempo para encontrar um meio mais rápido.

Na verdade, a população não está muito concentrada de qual país ela virá, por qual laboratório ela será comprovada primeiro. O importante é ela vir o quanto antes para termos o gosto de nos reunir em família, passear, viajar, voltar ao trabalho, andar livres, sem a prisão de um inimigo voraz e invisível.

Ao redor do mundo há milhares de pessoas que sofrem por ter familiares e amigos nos hospitais, diagnosticados com Covid-19. Ainda há aqueles que sofrem pelos seus queridos que perderam a batalha. Aqueles que acabaram perdendo suas vidas por conta da Covid-19 serão sempre lembrados com honras, pois combateram um bom combate. Aos guerreiros que sobreviveram, sobram histórias para contar sobre uma das maiores pandemias que assolaram o mundo.

Aqui fica o registro de como a vacinação é importante para manter todos em segurança. Há poucos meses vivemos uma onda de sarampo que preocupou os profissionais de saúde e a população em geral, causada também pela falta de vacinação. Sarampo, gripe, febre amarela, poliomielite, meningite, hepatites e tantas outras doenças são preveníveis por meio da vacinação disponível no Sistema Único de Saúde (SUS). E para você gosta de desacreditar no Brasil, sabia que o país é referência mundial no quesito vacinação e disponibiliza 17 tipos de vacinas em várias dosagens para a sua população de maneira gratuita, tão eficaz quanto às vacinas encontradas nas redes particulares?.

A esperança surge, mas ainda estamos caminhando pelo túnel. Proteja-se e proteja outras pessoas também, saindo de casa apenas quando necessário. Procure ajudar quem precisa, ainda que de longe, fortaleça o comércio local para diminuir o impacto econômico que ainda está por vir nos próximos meses e valorize tudo o que você já tem hoje.

Vacine-se e vacine seus filhos de outras doenças - ninguém merece passar por tanta dificuldade porque alguém simplesmente não acredita em vacina. Elas passam por longos processos de comprovação científica e se apresentarem reações, serão pontuais, que duram horas, no máximo um ou dois dias. Não arrisque, não queira viver em um mundo sem prevenção, vacine-se!
 

3001 visitas






Sua Opinião