Domingo | 05 de Dezembro de 2021 17:19
EM CAMPO LARGO 16º | 20º  
Geral

SIG e Recicleiros lançam Academia Recicleiros do Gestor Público

A SIG, empresa especializada em envase e embalagens cartonadas, e o Instituto Recicleiros acabam de anunciar o lançamento da Academia Recicleiros do Gestor Público

A SIG, empresa especializada em envase e embalagens cartonadas, e o Instituto Recicleiros acabam de anunciar o lançamento da Academia Recicleiros do Gestor Público, sistema de acesso remoto a conteúdos instrucionais que visam orientar gestores municipais para construção de ambiente propício ao desenvolvimento da coleta seletiva e reciclagem.

A SIG é investidora semente do programa, que chega aos municípios com o objetivo de integrar os processos da coleta seletiva, reciclagem e logística reserva. A Academia foi lançada nesta quinta-feira em Campo Largo para trazer para cá os benefícios do projeto.

A meta é estar presente em 60 cidades até 2023. Para Isabela de Marchi, Gerente de Sustentabilidade da SIG na América do Sul, “a SIG tem como objetivo se tornar uma empresa de impacto positivo, e por isso apoiamos programas como esse, que fomentam a reciclagem e a destinação correta de resíduos para que as matérias primas retornem à cadeia produtiva”. Com o objetivo de compartilhar com o maior número de gestores municipais o conhecimento gerado pela atuação da Recicleiros em municípios brasileiros e buscando integrar ao programa cidades que ofereçam as condições para implantação, a Academia Recicleiros do Gestor Público disponibilizará de maneira aberta e acessível a todos os interessados uma trilha de conhecimento.

A Academia está estruturada em três módulos sequenciais, para fazer da jornada dos gestores interessados algo prático, rápido e efetivo no apoio ao desenvolvimento dos requisitos. Todo o conteúdo será disponibilizado gratuitamente para todos os municípios interessados. O programa implanta nas cidades um novo conceito de centrais de reciclagem. Com equipamentos modernos, assessoria técnica qualificada e gestão, são criadas oportunidades de trabalho e renda e qualificação profissional para pessoas em estágio de vulnerabilidade social e econômica.

Nestes espaços, os catadores são integrados à Academia Recicleiros do Catador, onde terão acesso a conteúdos e dinâmicas formativas em diversos âmbitos da formação socioprofissional e que visam à certificação, tanto individual como coletiva da cooperativa como forma de empoderar esses grupos e seus indivíduos. Ele se consolida nas cidades brasileiras como um sistema socioambiental inspirador e bem sucedido de gestão de resíduos sólidos, que cria soluções para reduzir o impacto ambiental do lixo, oportunidade de trabalho digno e renda, e promove a economia circular.