VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Domingo | 25 de Outubro de 2020 19:05
Domingo | 25 de Outubro de 2020 19:05
VERSÃO IMPRESSA
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Moradores de rua do Jardim Esmeralda

Os moradores reclamam que a placa foi instalada há mais de 10 meses e até o momento não foram construídas as lombadas

Por: Andrea

Moradores da Rua Joaquim Celestino Ferreira do bairro Jardim Esmeralda reclamam há meses da falta de lombadas na via, uma reivindicação feita há muito tempo, mas que ainda não foi atendida pelo município.
A prefeitura colocou as placas indicativas na rua há mais de 10 meses, no entanto não construiu as lombadas, o que segundo os moradores de nada adianta, pois muitos motoristas continuam a passar em alta velocidade, realizar rachas e devido a via ter ladeiras, é perigoso de acontecer acidente. Segundo os moradores é preciso dessa instalação, para no futuro não acontecer nenhuma ocorrência grave. Na rua também funciona o Colégio Estadual Djalma Marinho, que tem uma grande circulação de alunos durante o dia todo. As placas indicativas de velocidade marcam 40km por hora, mas sem um redutor de velocidade os motoristas alcançam uma velocidade muito superior a isso.
A respeito da reclamação de moradores quanto a falta de placas de sinalização de redutor de velocidade, instaladas na Rua Joaquim Celestino Ferreira, a Prefeitura da cidade de Campo Largo esclarece que as lombadas até o momento não foram instaladas, pois segundo o Departamento de Trânsito de Campo Largo (Deptran) a problemas no processo de licitação do material necessário (massa asfáltica CBUQ) para construção das mesmas.
O Deptran informa ainda que este trabalho é de responsabilidade da secretaria Municipal de Viação e Obras. A secretaria, por sua vez, explica que o material já se encontra disponível e que nos próximos dias, oito lombadas serão construídas, não apenas na Rua Joaquim Celestino Ferreira como em outras vias do município que aguardam a instalação dos redutores de velocidade. Por fim a Prefeitura de Campo Largo aproveita a ocasião para pedir aos motoristas atenção à sinalização e respeito às leis de trânsito vigentes, criadas com a finalidade de preservar a vida.

2377 visitas






Sua Opinião