VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Sábado | 24 de Outubro de 2020 05:11
Sábado | 24 de Outubro de 2020 05:11
VERSÃO IMPRESSA
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Recordar é Viver

 Em 1.960 a Liga Campo larguense de Futebol, que ti­nha como seu presidente Sr. Adalberto

Por: Lauro

Em 1.960 a Liga Campolarguense de Futebol, que ti­nha como seu presidente Sr. Adalberto Antonio Cascatto (de saudosa memória), patrocinou e organizou o 13º Cam­peonato Regional, que contou com a participação de oito equipes. Os times participantes foram Real F.C. (Curitiba) o grande campeão Fanático F.C., Internacional E.C, Os 18 de Copacabana, Agremiação Esportiva Porcelana Steatita (Campo Largo), B.C. Campo Comprido, Operário (S.O.B.) e S. Manoel (Araucária).

O campeão foi o Real E.C. Curitiba, que tinha como seu presidente o Valdomiro Rauth (de saudosa memória).

O Internacional, em 1960, tinha como seu presidente Antonio Borges de Carvalho (Borginho), que foi por muitos anos atleta do Tigre.O grupo de atletas era muito forte e ti­nha como seu técnico o Manoel Pedro Vidal (o Manequi­nho), que também foi atleta do Alvi Negro por muitos anos.

Antes de uma partida por aquele campeonato no en­tão Estádio José Pedro Caropresso, depois Prefeitura de Campo Largo, atualmente Centro Educacional Professor Antonio Cicarino Pereira (Tito), foi tirada a foto que hoje ilustra e deu origem a esta matéria e que pertence ao ál­bum de recordações de Vilma Borges de Carvalho Vidal, filha do saudoso Enedi.

Estão na foto em pé Fábio, Haroldo, Abreu, Juca do Chapéu (de saudosa memória), Enedi Borges de Carva­lho (de saudosa memória), Waldemar Bassani e Manoel Pedro Vidal (Manequinho de saudosa memória).

Agachados estão Ero Busmayer (de saudosa memó­ria), Antonio Waldemar Zatera, Ivo Elói Ambrósio (Cra­vinho), Juarez e Lauro Luiz Souza (Laurinho do Vitor de saudosa memória) e Eduardo Ferreira (de saudosa me­mória). É de nosso conhecimento que vivem Fábio, Ha­roldo, Waldemar, Amarelo (Antonio Waldemar Zatera), Cravinho (Ivo Eloi Ambrósio), os demais são falecidos.

São passados exatamente 59 anos, ficou a foto e com ela uma grande saudade dos que vivem e dos falecidos seus familiares irão sentir uma saudade ainda maior.

Em agradecimento muito especial à Vilma Borges de Carvalho Vidal pelo empréstimo da foto.

5657 visitas






Sua Opinião