VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Quarta-feira | 21 de Outubro de 2020 16:07
Quarta-feira | 21 de Outubro de 2020 16:07
VERSÃO IMPRESSA
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Recordar é Viver

Em 1955 a Liga Regional de Futebol Campolarguense, que tinha como presidente o senhor Adalberto Antonio Ces­catto (de saudosa memória), patrocinou e organizou o oi­tavo campeonato regional

Por: Lauro

                       

Em 1955 a Liga Regional de Futebol Campolarguense, que tinha como presidente o senhor Adalberto Antonio Ces­catto (de saudosa memória), patrocinou e organizou o oi­tavo campeonato regional em duas categorias - 2º Quadro (depois aspirantes e atualmente juniores) e 1º Quadro (ti­tulares) - com a participação de muitas equipes de Campo Largo: Fanático, Internacional, 18 de Copacabana, da Lapa o União E.C., de São José dos Pinhais o Esperança F.C., de Balsa Nova o Corcovado F.C., de Palmeira o Ypiranga F.C., Cano - Clube Nacional Olímpico, de Porto Amazonas o Clu­be Atlético Renascença e Araucária F.C. de Araucária.

A decisão do título foi entre o Fanático e União da Lapa com o jogo final no antigo campo do Fanático da família Ca­valli onde o tricolor jogava pelo empate.

Mas o time da Lapa conseguiu a vitória em pleno cam­po do Leão pelo placar de 1 x 0 com o então goleiro Lala (Carlos Perim) defendendo a cobrança de uma penalidade máxima aos 43 minutos do segundo tempo, cobrado pelo Romeu Ivo Cavali (de saudosa memória).

E antes de um jogo daquele campeonato no campo da família Cavalli foi tirada a foto que hoje ilustra e deu origem a esta matéria que faz parte do acervo do colunista.

Estão em pé na foto: Juvenal Rupel (Juve de saudosa memória), Lauro Perussolo, Rubis Netzel (Capilé de sau­dosa memória), Carlos Campolom Barrichelo, Rene Netzel (Capilé), Lourival de Brito Portela (Lori de saudosa memó­ria) e Cícero (de Curitiba).

Agachados estão: Léo Bitencourt (de saudosa me­mória), Newton Dalabona (Tutinha de saudosa memória), Rodolfo Maximiliano Amand (Rudy de saudosa memória), Orestes Romeu Gabardo e Arion Net Chapenski (de sau­dosa memória).

São passados exatamente 63 anos, ficou a foto e com ela saudade dos que é de nosso conhecimento que vivem Lauro, Carlão, Rene e Romeu Gabardo, os demais são fale­cidos e seus familiares sentirão uma saudade ainda maior. 

2473 visitas






Sua Opinião