VERSÃO IMPRESSA
anteriores
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Sexta-feira | 23 de Outubro de 2020 08:49
Sexta-feira | 23 de Outubro de 2020 08:49
VERSÃO IMPRESSA
EM CAMPO LARGO 15º | 25º

Recordar é viver

Recordar é viver

Por: Sidney de Oliveira Salles

Em 1963 a Liga Regional de Futebol Campolarguense, não conseguiu realizar o campeonato por falta de equipes, número este que teria de ser pelo menos cinco (5).

Isto foi pelo motivo que em Araucária foi realizado o campeonato local em Palmeira idem, na Lapa também e assim somente ficaram filiados Fanático, Internacional, 18 de Copacabana e Steatita. Mas as equipes campolarguenses em especial, as duas grandes forças Internacional e Fanático mantiveram seus planteis realizando jogos amistosos e alguns torneios.

Em 1963 a equipe do Tigre foi até o então estádio da Baixada, jogar amistosamente com seu grande rival o Fanático e lá como sempre compareceu um grande público torcedor.

Antes do jogo foi tirada a foto que está ilustrando e deu origem a esta matéria e que pertence ao álbum de recordações de Marcos Zattera.

Estão em pé: Marcos, Barbosa, Arquemino, Elias Turco Dito, Jair Stela e Hélio.

Agachados estão Augusto de Paiva Vidal (Agostinho, Bachero de saudosa memória), Affonso Portugal Guimarães (Bequinho), Ney Paulo Serra Pinto, Antônio Waldemar Zattera (Amarelo), Gerônimo Antônio Coltro (Giroca) e Alceu Bassani.

Deste time somente o Agostinho Vidal é de saudosa memória, os demais vivem e com certeza ao verem e lerem esta matéria, irão sentir uma saudade do timaço do Tigre em 1963, somente do Agostinho Vidal seus familiares,

Um agradecimento muito especial ao grande ex atleta desportista e colaborador desta coluna Marcos Zattera pelo empréstimo da foto.

12997 visitas






Sua Opinião