Quinta-feira às 25 de Julho de 2024 às 03:10:11
Opinião

Uma pausa merecida ou uma preocupação econômica?

Uma pausa merecida ou uma preocupação econômica?

Em seu calendário oficial, segundo o site Calendarr – que possui todos os feriados oficiais e datas comemorativas do país listados, o Brasil tem 10 feriados no total, além dos pontos facultativos, feriados estaduais e municipais a serem contabilizados. Porém, em 2024, o chamado “feriado prolongado”, quando o feriado acontece na terça ou na quinta-feira, tem sua última data neste dia 31 de maio, Corpus Christi.

Para alguns, o feriado prolongado é uma grande oportunidade para aproveitar dias merecidos de descanso, principalmente em meio a uma rotina caótica. Um tempo a mais para se dedicar a outras tarefas, participar de eventos, fazer leituras, assistir filmes, curtir parques com a família e amigos, algo que os dias corridos não nos permite ter. Entretanto, para outros significa uma oportunidade a menos para trabalhar e vender, com impacto significativo na rotina da cidade, e que pode causar um efeito negativo em um pequeno empresário ou naqueles que não buscam ter um planejamento estratégico para situações como essas.

Em 2024 os feriados prolongados terminaram, ficando somente um no mês de novembro, dia 15, na sexta-feira. Mas 2025 está a seis meses de distância e seu calendário já repercute, com mais descansos programados, principalmente no mês de abril, que terá dois feriados juntos - Sexta-feira Santa no dia 18 e na segunda-feira Tiradentes, no dia 21. Para isso, a programação dos estabelecimentos comerciais levando em consideração os feriados é importante e também uma forma de conquistar mais clientes, consequentemente mais capital de giro e atenção.

As preocupações sobre os efeitos negativos dos feriados prolongados na produtividade e na atividade comercial, que tem grande representação na economia campo-larguense, devem ser levadas em consideração.

Quando acontecem feriados prolongados, é visível a agitação da cidade na quarta-feira, com uma quinta-feira de feriado extremamente pacata e uma tentativa de retomada na sexta-feira, que já sente o impacto do final de semana. Isso leva a interrupções significativas em operações, diminuição das vendas e necessidade de criar meios para atrair a atenção do consumidor.

Há de se considerar que os feriados prolongados são uma grande oportunidade para o fortalecimento do turismo interno, o que impulsiona setores hoteleiros, gastronômicos e de entretenimento. É visível uma movimentação maior em pontos turísticos mais regionais, o que faz com que seja gerada uma receita adicional, sendo uma oportunidade para a criação de empregos temporários e estimulando o crescimento econômico local em regiões onde o turismo é o carro-chefe. Com mais investimentos e abertura ao turismo em Campo Largo, que tem belas paisagens para serem vistas e locais aconchegantes e com boa gastronomia a serem visitados, talvez essa seja uma saída para a redução do impacto que o feriado pode trazer. Fazendo com que o público tenha seus olhos voltados para a cidade e descubra riquezas naturais pertinho de casa.