Sabado às 15 de Junho de 2024 às 07:02:36
Geral

Dia Nacional da Alfabetização reforça importância da leitura e escrita na formação de cidadãos

Dia Nacional da Alfabetização reforça importância da leitura e escrita na formação de cidadãos

No dia 14 de novembro é celebrado o Dia Nacional da Alfabetização. A data foi estabelecida em 1966, com a intenção de reforçar a importância da alfabetização para o indivíduo e para a sociedade, além de refletir sobre os desafios que o Brasil ainda enfrenta nesse processo.

Por meio da leitura e da escrita, é possível que as crianças desenvolvam uma visão mais ampla da sociedade. A alfabetização proporciona o acesso a informações sobre os direitos e deveres como cidadãos, sendo essa, uma compreensão essencial para a cidadania responsável.

São consideradas alfabetizadas as crianças que conseguem ler palavras, frases e pequenos textos, localizar informações na superfície textual e escrever ortograficamente palavras com regularidades diretas entre fonemas e letras.

“A alfabetização é uma fase maravilhosa de grandes aprendizagens e descobertas. e precisa acontecer de uma forma prazerosa e tranquila”, explica Dorotéa Stoco, secretária de Educação de Campo Largo.

Dorotéa conta que as escolas de Campo Largo trabalham seguindo o Referencial Curricular Municipal, que foi construído de acordo com as diretrizes da Base Nacional Curricular e o Referencial Curricular do Paraná.

Os professores alfabetizadores das escolas municipais participam de formações organizadas pela Secretaria Municipal de Educação, que buscam enfatizar esses conceitos e a importância de realizar esse trabalho, e ainda reforçar que cada criança é uma, e aprende a seu tempo e a seu modo.

Neste ano, foi lançado também o Projeto Leitura Mágica, pensado com o objetivo de fomentar as atividades de leitura e escrita, proporcionando um repertório maior para que os professores pudessem enriquecer suas aulas.

A secretária explica que a alfabetização é o foco dos trabalhos desenvolvidos durante o 1º e no 2º ano, porém, durante todo o Ensino Fundamental I esse trabalho continua a ser aprimorado. Ela ressalta a importância da criança ser alfabetizada na idade certa, pois isso contribuirá para o desenvolvimento escolar e social no decorrer dos anos, possibilitando o progresso em todas as áreas.

A alfabetização foi fortemente impactada pelo período de isolamento social e de fechamento das escolas. De acordo com a pesquisa Alfabetiza Brasil, em 2021, 4 em cada 10 estudantes brasileiros do 2º ano do Ensino Fundamental não estavam alfabetizados. O levantamento mostrou uma queda na porcentagem de alfabetização infantil em comparação com 2019, quando mais de seis crianças em cada 10 eram consideradas alfabetizadas.

Dorotéa afirma que a família tem um papel fundamental e precisa participar desse processo junto com a criança. “Além de incentivar, é preciso estar sempre em contato com a escola e seguir as orientações dos professores. Ler para os filhos e com eles é fundamental, pois fortalece o vínculo e contribui para que a leitura torne-se prática constante na vida toda. Quem lê tem mais repertório, imaginação criativa, aprende sobre o que tiver interesse e descobre o mundo”, finaliza.