Terça-feira às 28 de Maio de 2024 às 10:50:55
Saúde

Com aumento de casos de Covid e sintomas respiratórios, saúde municipal reforça nota orientativa sobre o uso de máscara facial

Com aumento de casos de Covid e sintomas respiratórios, saúde municipal reforça nota orientativa sobre o uso de máscara facial

A Prefeitura de Campo Largo, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, reitera as recomendações de sua nota orientativa que está em vigor desde 01/11/2022, sobre a flexibilização do uso de máscaras faciais. Isso se deve especialmente neste momento por causa do crescimento de casos de doenças com transmissão respiratória.

A pasta registra desde 17 de outubro um aumento no número de atendimentos a sintomáticos respiratórios nos seus equipamentos de saúde (UBSs e UPA 24h). Foram cerca de 130 casos positivos para COVID desde o 17 até hoje, dia 30 de outubro. Número esse muito acima das médias das semanas anteriores (que estavam entre 5 e 20 casos por semana). 

Sendo assim, as principais medidas preventivas são:

  • É obrigatório o uso de máscara por pessoas com sintomas respiratórios;

  • É obrigatório o uso de máscara pelos profissionais que realizam atendimento à esses casos; 

  • Manter os ambientes abertos e arejados;

  • Utilizar máscara em locais com maior fluxo de pessoas e aglomerações; 

  • Caso pertença ao grupo de risco, usar máscara em todos os locais com maior fluxo de pessoas;

  • Manter distanciamento mínimo de 1 metro entre as pessoas;

  • Higienizar com frequência as mãos e disponibilizar acesso fácil ao álcool em gel 70%, ou a pias com água corrente e sabão;

  • Intensificar a higienização dos sanitários e locais com maior fluxo de pessoas e contato (maçanetas, interruptores, corrimãos), sendo que o trabalhador da higienização deverá utilizar EPIs;

  • Procurar a UBS mais próxima para atualizar o esquema vacinal. 

Tais cuidados permanecem sendo uma prevenção muito importante para reduzir a transmissão da Covid-19 e também de outros microrganismos de transmissão respiratória ou por contato. Acesse a decreto na íntegra aqui.