Domingo às 03 de Julho de 2022 às 08:29:00
EM CAMPO LARGO 12º | 25º
Policial

Acusado por morte ocorrida há 12 anos irá a Júri Popular nesta terça-feira (24)

Está sendo julgado nesta terça-feira (24), em júri popular, em Campo Largo, o réu Kaio Murilo de Oliveira, acusado de matar a namorada Nataly Samara de Assis, ainda em 2009, por homicídio simples

Acusado por morte ocorrida há 12 anos irá a  Júri Popular nesta terça-feira (24)

 

Está sendo julgado nesta terça-feira (24), em júri popular, em Campo Largo, o réu Kaio Murilo de Oliveira, acusado de matar a namorada Nataly Samara de Assis, ainda em 2009, por homicídio simples. A Folha de Campo Largo entrou em contato com o Fórum de Campo Largo às 16h45 para verificar se o veredito já havia sido lido, mas foi informada que o julgamento continua acontecendo.

Conforme relatório do caso apresentado pelo Ministério Público, no dia 16 de setembro de 2009, por volta das 09h30, no bairro Jardim Florestal, Kaio Murilo de Oliveira “efetuou um disparo de arma de fogo na cabeça da vítima Nathaly Samara de Assis, provocando as lesões crânio encefálicas que a levaram a morte”. Ainda segundo o relatório, o motivo do crime não foi esclarecido durante as investigações, mas sabe-se que Kaio e Nataly eram namorados e que estavam dentro do quarto, quando Kaio “na posse de uma arma de fogo, disparou um tiro contra a vítima”.

Em depoimento, o réu negou a prática de "roleta-russa" e disse que estava mostrando a arma para a namorada.

A denúncia foi recebida em 03 de fevereiro de 2016. Durante as audiências de instrução e julgamento foram ouvidas cinco testemunhas do caso. O processo tramita há 4.390 dias. De acordo com a promotoria, houve atraso nos tramites processuais, já que a Justiça teve dificuldades em encontrar o réu Kaio Murilo de Oliveira.